História

A coleção de peças zoológicas do Museu de Zoologia da Universidade Federal de Viçosa (UFV) teve início em 1933, através do Prof. João Moojen, tendo sido prosseguida por seu antigo aluno, Prof. José Candido de Melo Carvalho até 1946. Contudo, posteriormente o Museu sofreu uma perda e deterioração de vários exemplares devido à falta de um local apropriado para o depósito de material e curadoria inadequada.

Nas últimas décadas, o esforço combinado de vários professores e pesquisadores tem levado à recuperação e melhoria das coleções. Em 1993, o aumento das atividades do Museu levou à transferência das coleções do Edifício Chotaro Shimoya (“Prédio da Biologia”) para a casa n° 32 da Vila Gianetti, no campus da UFV. O museu foi nomeado em homenagem ao fundador de suas coleções, tornando-se conhecido como “Museu de Zoologia Professor João Moojen de Oliveira”. Em 2007 o nome foi modificado para “Museu de Zoologia João Moojen”.

Hoje, o Museu de Zoologia João Moojen possui mais de 20 mil peças zoológicas em seu crescente acervo, incluindo fósseis, peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos, em sua maioria coletados na região de Viçosa e no estado de Minas Gerais.

Mais detalhes sobre o acervo do MZUFV podem ser visualizados na sessão em Coleções & Laboratórios.

© 2020 Universidade Federal de Viçosa - Todos os Direitos Reservados